A MUSCULAÇÃO, UM DESPORTO ADAPTADO AOS SENIORES

(1)

Numa altura em que a tendência é a de permanecer jovem durante o máximo de tempo possível, os nossos idosos fazem de tudo para diminuir os efeitos do tempo no seu corpo. O desporto, e em particular a musculação, é uma boa forma de o conseguir.

 

A necessidade de fazer a manutenção do corpo em envelhecimento

É bom saber que a partir dos 50 anos, a massa muscular e a força diminuem em 40 a 50%. Quanto mais o tempo passa, mais este fenómeno acelera! Com esta idade, a perda de fôlego é também maior, o ganho de peso é frequente e o equilíbrio diminui. Isto influencia grandemente a mobilidade, a capacidade dos seniores em manter uma vida autónoma e aumenta as quedas. Permanecer inativo representa assim um perigo a partir de uma certa idade. Para remediar isto, o desporto, praticado de forma suave, é uma ótima solução.

 

Assim, a atividade desportiva permite:

  • reduzir o risco de obesidade
  • diminuir as tensões
  • reduzir o risco de coágulos nas artérias
  • contribuir para a diminuição do colesterol
  • aumentar a massa óssea
  • aumentar as defesas imunitárias
  • manter os músculos

 

A musculação e as suas vantagens

A musculação é um desporto adaptado às necessidades dos seniores, que são conservar a força, a massa muscular e o equilíbrio. Contrariamente o que alguns pensam, a idade não limita a capacidade das pessoas em tornarem-se mais fortes graças a este desporto. Pode ser praticada em qualquer idade, porque são solicitados vários músculos sem criar stress cardiovascular. Exercida progressivamente e em suavidade, é boa para o corpo, mas também para a moral dos nossos idosos.

 

Adicionalmente, na musculação, o ritmo é personalizado, os movimentos são adaptados e as posições são estáveis. É necessário seguir os conselhos de um treinador para realizar bem os movimentos e não se lesionar. Esta prática permite assim:

  • diminuir o risco de quedas relacionadas com a idade
  • aumentar a massa muscular
  • ajudar a lutar contra a osteoporose, ao reforçar os ossos e as articulações
  • aumentar a rapidez da marcha
  • melhorar a coordenação, o equilíbrio e a qualidade de vida
  • ter uma melhor auto-estima
  • manter a boa força física e uma certa mobilidade

 

Finalmente, está provado que realizar exercícios com pesos e halteres ajuda a minimizar o declínio intelectual. A prática regular da musculação, associada a uma alimentação equilibrada, melhoram as funções cognitivas que permitem elaborar um itinerário, lembrar-se de um número de telefone, reconhecer uma cara, calcúlo mental, conduzir ou mesmo ler! Em resumo, esta prática desportiva dá aos seniores a possibilidade de permanecerem independentes durante mais tempo, de se sentirem mais novos no seu corpo e na sua mente.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
FITNESS

Encontro com Romain Maier, instrutor de musculação no Domyos Club, que nos ajuda a ver os erros a evitar e nos dá algumas regras a respeitar.

VOLTAR PARA O TOPO