A MUSCULAÇÃO, UM DESPORTO COMPLEMENTAR

(1)

Uma das vantagens da musculação é que pode ser praticada como complemento de muitos outros desportos. É efetivamente uma disciplina que de associa facilmente a vários domínios, permitindo assim melhorar os seus desempenhos naquele que lhe diz respeito. São em particular os desportos de combate e de resistência que se associam bem à prática da musculação. Esta última apresenta uma vantagem não negligenciável e assegura um complemento bem útil.

 

Musculação e desportos de combate

Durante muito tempo, acreditámos que a musculação e os desportos de combate eram incompatíveis. Alguns pensavam que o trabalho com cargas fazia perder velocidade e flexibilidade, qualidades indispensáveis para os desportos de combate. No entanto, muitos desportistas constatam atualmente que praticar musculação melhora a sua força e reforça os músculos úteis à sua prática desportiva.

 

Associar musculação e desportos de combate permite assim:

  • ganhar em potência (força e velocidade)
  • assegurar uma melhor estabilidade, indispensável para este tipo de desporto
  • prevenir as lesões reforçando os músculos e articulações
  • flexibilizar os músculos durante os períodos de repouso
  • aumentar a massa muscular, cujo aspeto estético não é negligenciável…

 

Se desejar associar desporto de combate e musculação, não se esqueça do seu objetivo, tornar a musculação compatível com a melhoria das qualidades desportivas e permanecer em contacto permanente com o seu desporto de eleição. Pode alternar treino de força e de potência e também praticar regularmente circuitos de treino que fazem trabalhar a resistência (começando a sua sessão com uma corrida dez minutos, por exemplo).

Não use cargas demasiado pesadas e varie o programa de treino. Desta forma, com 2 a 3 sessões por semana, irá eliminar a saturação física e psicológica, desenvolver aptidões diferentes e diversificar a sua prática.

 

Musculação e desportos de resistência

A musculação é também uma ótima aliada para os praticantes de desportos de resistência. Fornece-lhe força e robustez desde que encontre um equilíbrio justo entre as duas disciplinas. Efetivamente, deve evitar misturá-las e praticá-las em separado. Da mesma forma, os praticantes de musculação têm todo o interesse em realizar frequentemente sessões de cardio, porque praticar apenas musculação diminui a resistência. Contrariamente ao que se possa pensar, o cardio training não é prejudicial para a massa muscular.

 

 

 

De uma forma geral, a musculação melhora o desempenho dos desportistas de resistência, quer se trate de ciclistas ou de corredores. Não origina um ganho de massa na corrida, mas melhora a aptidão anaeróbia, a eficácia da passada e do desempenho. No ciclismo, a musculação fornece força nas pernas, maior eficácia no sprint e aumenta o tempo máximo de esforço. É também uma excelente forma de lutar contra a fadiga nervosa.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
VOLTAR PARA O TOPO