DIETAS E PERDA DE PESO

(13)

A sua mente começou a imaginar as férias, a areia fina… O que pensa em relação a preparar-se para o verão, tranquilamente, através da adoção de uma dieta eficaz a longo prazo?

 

Em primeiro lugar, em que consiste uma dieta?

Uma dieta é uma abordagem alimentar a seguir, do ponto de vista quantitativo e qualitativo. Um regime alimentar pode ter três objetivos:

  • Minorar um problema de saúde (diabetes, hipercolesterolemia, intolerância ao glúten, etc.)

  • Manter-se saudável

  • Emagrecer (dieta de baixo valor energético, dieta dissociada, dieta rica em proteínas, etc.)

Abordemos os regimes alimentares de emagrecimento! As revistas estão repletas de novas sugestões para perder um número significativo de quilos mais rapidamente! Um número significativo de praticantes, entre nós, lança-se precipitadamente nestas dietas e, quando fica satisfeito com o resultado alcançado, algumas semanas depois, considera que pode retomar uma alimentação normal! Trata-se de uma armadilha. As dietas são tão restritivas que a perda de peso é rápida. No entanto, mesmo com a melhor boa vontade possível, é difícil manter estas dietas a longo prazo visto que são frustrantes para o organismo. É neste momento que tudo resvala. Retoma-se uma alimentação normal e, em algumas semanas, ou mesmo alguns dias depois, recupera-se o peso perdido a custo e, geralmente, isto é acompanhado pelo aumento de alguns quilos em relação ao ponto de partida... Desta forma, entra-se no domínio das dietas “yo-yo”

Questiona-se então: como pode perder peso eficazmente? Trata-se de um trabalho a longo prazo que não começa em julho, a pensar nas férias em agosto, mas antes em abril/maio, a pensar nas férias em agosto.

 

Noção de dispêndio de energia e obtenção de energia

O objetivo de uma perda de peso eficaz é despender mais energia do que aquela que vamos obter através da alimentação.

O equilíbrio do peso depende do balanço entre a energia despendida e a energia fornecida. Quaisquer excessos que não são compensados pelo aumento do gasto de energia conduzem ao armazenamento desses mesmos excessos, sob a forma de gordura, ou seja, ao aumento de peso.

 

A energia despendida

  • Energia utilizada para fazer funcionar o nosso organismo,

  • Energia utilizada para mover-se e praticar uma atividade física

  • Energia utilizada para a digestão dos alimentos.

Fornecimento de energia

Corresponde aos alimentos que ingerimos e que o organismo converte em macronutrientes (proteínas, lípidos, hidratos de carbono) e micronutrientes (vitaminas, minerais).

 

Como perder peso de forma eficaz a longo prazo?

Inicialmente, é necessário equilibrar a sua alimentação. Trata-se do ponto de partida de qualquer dieta de emagrecimento. Após obter o equilíbrio, reduza a ingestão de calorias em 20% e mantenha o equilíbrio ao mesmo tempo. O segredo de uma perda de peso eficaz é continuar a comer todos os tipos de alimentos, mas numa quantidade controlada.

Ao seguir esta fórmula, pode considerar a perda de cerca de 2 kg por mês. Uma perda superior é demasiado rápida, visto que a sua dieta é demasiado restritiva, enquanto uma perda inferior requer que reveja a ingestão de calorias, que podem ser excessivas.

O início da dieta é frequentemente seguido da perda de peso rápida durante as primeiras semanas, mas não deve ficar alarmado. Esta situação é normal, embora não deva ser duradoura.

Durante a dieta, haverá períodos de atenuação, em que deixará de perder peso. Também não deve ficar alarmado com esta situação, porque isso permite distribuir o tempo que o organismo demora a adaptar-se. Caso este impedimento dure demasiado tempo, reduza ligeiramente a ingestão de calorias para reiniciar o processo.

Se demorar o tempo necessário e perder peso lentamente, sem esforçar o organismo de forma brusca, irá perdê-lo de forma eficaz e terá a garantia de que não irá recuperar esse peso subsequentemente.

Lembre-se que uma dieta eficaz é obviamente acompanhada pela prática de uma atividade física.

E se o konjac pudesse contribuir para se perder peso?

O konjac é um legume originário do Sudeste Asiático. As suas raízes são consumidas e cozinhadas, no seu estado puro, no Japão, há milhares de anos. É reconhecido pelas suas diversas propriedades. Consiste num excelente inibidor natural do apetite. O glucomanano contido nas suas raízes é um agente gelificante muito eficaz que “cobre” as paredes do estômago quando é ingerido. Por conseguinte, produz um efeito saciante rapidamente. Isto pode deleitar os gulosos que pretendem perder alguns quilos.

É de salientar que o konjac é um dos únicos ingredientes validados como um contributo para o emagrecimento por um grupo de investigadores, pelo que possui a sua própria alegação de saúde: "O glucamanano ingerido no âmbito de um regime alimentar de baixo valor energético contribui para a perda de peso”.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
VOLTAR PARA O TOPO